RECORDAR

O Soldado desconhecido do Museu Militar de Lisboa.

Tipo de Acesso

PT-FIXLAB

Utilizadores

  • Agnès Le Gac (Coordenador)
  • Ricardo Lopes

Instituições

Universidade Nova de Lisboa e Museu Militar de Lisboa

Descrição

Existe numa das Salas da Grande Guerra do Museu Militar de Lisboa (MML) uma estátua monumental (4,38 m de altura x 1,87 de largura) em gesso pintado que representa um soldado português da PrimeiraGuerra Mundial. O artefacto leva a assinatura de Maximiano Alves e a data de 1933. Esta efigia em pleno vulto, que imita um estátua em bronze patinada, é um dos moldes à escala que serviu para a estátua em bronze do "Soldado desconhecido" erguida no Mausoléu dos Combatentes da GrandeGuerra, no Cemitério do Alto São João, em Lisboa. Investigações realizadas em 2017 tendem em indicar que o artefacto do MML seria da autoria de José Branco, dito o "Faiunça", o qual terá feito o gesso cerca de 1959-1968 com base numa primeira estátua em cimento de M. Alves. Da estátua em gesso, da sua estrutura interna e construção, da feitura da sua patine superficial em tom de verde, não existe qualquer informação. Outras estátuas semelhantes patentes no MML tampouco oferecem dados concretos sobre às práticas inerentes aos gessadores e/ou patinadores, especializados nestas materializações. Este projecto pretende recolher dados materiais e tecnológicos sistemáticos para repor a produção deste artefacto no seu devido contexto e explicar como dito artefacto pôde caber na sala onde está exposto, por não haver aberturas que permita a sua inserção no local. Através deste caso de estudo singular, trata-se de redescobrir e valorizar profissões indispensáveis à produção da estatuária de grande porte mas que já cairam em esquecimento face à progressiva modernização dos processos de moldagem.

Informação Técnica